CONHEÇA O CODAU

  AGÊNCIA VIRTUAL

  INFORMATIVO

  RESPONSABILIDADE

  LICITAÇÃO

  CODAU ENSINA

  FALE CONOSCO

  FALE COM O PRESIDENTE

  TRANSPARÊNCIA

  ACESSO À INFORMAÇÃO




Serviços


 



Codau lança nesta sexta-feira primeira licitação da Barragem Prainha
09/03/2018


O porta-voz desta sexta-feira (09) trouxe a publicação do Aviso de Licitação, da Concorrência 003/2018, para construção da Barragem Prainha. O certame, do tipo menor preço por lote, sob regime de empreitada por preços unitários, está dividida em dois serviços.

O primeiro visa a contratação de empresa de prestação de serviços técnicos especializados de gerenciamento técnico e fiscalização, e está orçado em R$1.444.035,45. Já o segundo tem como objeto a contratação de empresa especializada para execução de movimento de terra e o valor orçado é de R$8.658.358,55.

A construção será na zona rural de Uberaba, a 5 km acima da captação do Codau, no Rio Uberaba, em área próxima ao campus da IFTM. A barragem ocupará uma área de 98 hectares. Foram desapropriados cerca de 54 ha de terra.

Os estudos ambientais também já foram protocolados nas secretarias de meio ambiente, do estado e do município, para as devidas análises, com vistas aos licenciamentos ambientais necessários. A licença prévia já foi emitida e o valor total das obras da barragem de acumulação da Prainha é de R$24.500.328,10. A verba para as obras é proveniente de recursos federais, da OGU.

Além do Porta-voz, jornal oficial da Prefeitura Municipal de Uberaba, o aviso de licitação também foi publicado nesta sexta-feira (9) no IOF/MG, no Jornal Hoje em Dia (BH) e no Diário Oficial da União. Os interessados em adquirir a cópia do edital e seus anexos podem retirá-los a partir da próxima segunda-feira, dia 13, na sede administrativa do Codau, na Avenida da Saudade, 755. A abertura da sessão da Concorrência e o credenciamento dos licitantes será do dia 11 de abril.

O presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, comemora a liberação do início das licitações. “Já estamos na segunda fase do processo. Ainda até o final deste semestre pretendemos publicar as outras licitações, que foram divididas em mais dois lotes de concorrência. Com os recursos de R$25,6 milhões empenhados pelo Ministério das Cidades, portanto garantidos, o que queremos é começar a obra o mais rápido possível”.

Ascom Codau
09/03/2018