CONHEÇA O CODAU

  AGÊNCIA VIRTUAL

  INFORMATIVO

  RESPONSABILIDADE

  LICITAÇÃO

  CODAU ENSINA

  FALE CONOSCO

  FALE COM O PRESIDENTE

  TRANSPARÊNCIA

  ACESSO À INFORMAÇÃO




Serviços


 



Vazão do Rio Uberaba é tranquila para o período de seca
05/07/2018

O Climatempo divulgou a previsão para o inverno 2018 na região sudeste, que historicamente é de tempo seco, dias de sol e céu azul, predominando na maior parte da estação e na maioria das áreas da região. Em anos normais, a chuva durante o inverno ocorre basicamente na passagem das frentes frias, porém, poucos sistemas conseguem provocar chuva pelo interior do Sudeste.

Ainda de acordo com o Climatempo, a média de chuva para o inverno já é baixa na Região Sudeste. E a previsão é de que a chuva fique dentro do esperado principalmente no mês de julho. Porém, abaixo da média nos meses de agosto e setembro, principalmente em São Paulo.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), divulgou que nos dois últimos anos não houve precipitações no mês de julho em Uberaba. Em 2018 a última chuva forte na cidade, registrada pelo Inmet, foi de 38mm no dia 17 de abril.

Mesmo diante desse quadro característico de inverno o rio Uberaba continua com vazão suficiente para abastecer a cidade. A última medição apontou um volume de 2.500 litros/segundo. É uma vazão normal e histórica para a estação do inverno, quando o rio começa a diminuir o seu volume por contas da baixas precipitações. ‘Se compararmos com os meses de chuva, o volume do rio Uberaba chega a ser bem maior, entretanto, neste momento, a situação atual não caracteriza nenhum alerta’, reafirmou o presidente do Codau Luiz Guaritá Neto.

A partir do início de agosto o Codau, como faz todos os anos, deverá se preparar para montar o sistema de transposição de água do rio Claro. ‘Neste mês nossas equipes já fazem os ajustes técnicos finais nos motores que serão instalados lá. O bombeamento do rio Claro para o rio Uberaba será acionado quando for necessário’, explicou o presidente do Codau. Ele lembra que a autarquia vem orientando a população para adequar suas reservas domésticas como um forma permanente de cuidado.

Ter uma caixa d’água compatível com o tamanho da família é um dos passos fundamentais para enfrentar qualquer situação anormal de abastecimento público. ‘Uma casa com 4 pessoas deve ter uma caixa de água de 1000 litros, ou seja, 250 litros por dia para cada morador. Esse é o volume ideal para o consumo do uberabense, que historicamente já consome bem acima da média nacional. A média brasileira é de 154 litros/habitante/dia’, completou Luiz Guaritá Neto.

Ascom Codau 05.06.2018