CONHEÇA O CODAU

  AGÊNCIA VIRTUAL

  INFORMATIVO

  RESPONSABILIDADE

  LICITAÇÃO

  CODAU ENSINA

  FALE CONOSCO

  FALE COM O PRESIDENTE

  TRANSPARÊNCIA

  ACESSO À INFORMAÇÃO




Serviços


 



Codau inicia montagem do sistema de transposição do Rio Claro
02/08/2018

Com a intensificação da estiagem neste inverno seco da região Sudeste, a vazão do rio Uberaba tem reduzido paulatinamente. Os meses de junho e julho não registraram nenhuma chuva em Uberaba, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Até quarta-feira (1º agosto) Uberaba completou 73 dias sem chuvas. Na manhã desta quinta-feira, dia 02, a cidade amanheceu com uma umidade relativa maior e uma leve chuva, mas a precipitação registrada ficou em apenas 0,2 mm (Inmet).

Esse quadro, que é histórico e já era previsto, determina a necessidade de montagem do sistema de transposição da Bacia do Rio Claro para complementar a vazão do rio Uberaba, principal manancial que abastece a cidade. Os três motores, movidos à diesel, já foram levados para as margens do rio Claro e a sua instalação começou ainda na quarta-feira, 1º de agosto. As equipes ainda estão trabalhando nesta fase para deixar tudo pronto, caso seja necessário acionar as bombas nesta seca. As três juntas são capazes de bombear até 560 litros/segundo do rio Claro para o córrego Saudade, afluente direto do rio Uberaba, localizado à montante da estação de captação do Codau.

Uberaba consome 900 litros de água/segundo e o volume extra que chega do rio Claro ajuda a manter este patamar de vazão para o abastecimento da cidade. Nestes primeiros dias de agosto ainda não é necessário usar a transposição, ressaltou o presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto. Mas ele observa que o momento é de precaução e alerta para que a população adote medidas de economia de água, evitando o desperdício.

"Estamos em plena seca, com falta de chuva e o momento é de conscientização. Cada um fazendo a sua parte contribuirá para que a estiagem seja enfrentada com menos transtornos possíveis”, destacou ele. O dirigente avalia que a infraestrutura de abastecimento em Uberaba, com a ampliação da extensão de adutoras, novos centros de reservação e o sistema de automação desses CR’s garantem maior controle e rapidez na distribuição de água para todos os bairros, o que contribui para que a escassez de água seja melhor gerenciada durante a seca.

Ascom Codau 02.08.2018