CONHEÇA O CODAU

  AGÊNCIA VIRTUAL

  INFORMATIVO

  RESPONSABILIDADE

  LICITAÇÃO

  CODAU ENSINA

  FALE CONOSCO

  FALE COM O PRESIDENTE

  TRANSPARÊNCIA

  ACESSO À INFORMAÇÃO




Serviços


 



Codau fará obras na rede de distribuição de água da Av. Abílio Borges e trânsito será alterado
20/04/2017

O Codau inicia nesta segunda-feira, dia 24 de abril, implantação de nova rede de água na Av. Abílio Borges de Araújo. A obra será executada em um trecho de cerca de 700 metros, entre a Rua Sarah Abdanur e a Av. Manoel de Melo Rezende. O Trânsito será interrompido por etapas, na medida em que o canteiro de obra avançar.

O presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, explica que serão também realizadas novas interligações de derivações de água de todos os imóveis do trecho. A medida é necessária para o isolamento da rede existente que passa por baixo da estação do BRT. Não poderíamos correr risco de um futuro problema nessa tubulação, dentro do terminal. Qualquer eventual intervenção corretiva ali iria prejudicar o trânsito de passageiros do transporte coletivo desse terminal com reflexos em toda a cidade, explicou Guaritá.

Na Abílio Borges o Codau irá intervir nos dois lados da avenida. Primeiramente será na pista sentido centro/bairro. Nesse fase o Codau apenas fará interligações de água de cada imóvel à rede existente no passeio. Por isso, somente uma pista da avenida ficará interrompida. Esta etapa é rápida em poucos dias será concluída.

Já o lado esquerdo da avenida, pista bairro/centro, a obra é um pouco mais complexa devido a implantação da rede nova de água. Haverá necessidade de suspensão de fornecimento de água temporário para a região, além de interdição total da via no lado do trecho em que está instalado as estações do BRT. Uma delas está localizada entre as ruas Granito e Águas Marinhas e a outra está entre a rua Guarajás e Av. Manoel de Melo Rezende. Nesses pontos a pista se estreita e haverá espaço somente para as máquinas realizarem o trabalho, como explica Ulisses Lamas, Superintendente de Trânsito da Secretaria de Defesa Social, Trânsito e Transporte (Sedest). Assim que a obra chegar nesta fase, os motoristas deverão acessar as ruas perpendiculares, onde é possível fazer o laço para retornar à Abílio Borges de Araújo, em um ponto mais à frente da interdição, completou ele.

Essas medidas serão tomadas somente no andamento da obra e por curto período de tempo. Vamos sinalizar toda a avenida para orientar o trânsito e a população será informada com antecedência para buscar rotas alternativas e se preparar para utilizar água da reserva doméstica, quando houver necessidade de suspensão da distribuição, completou Luiz Guaritá Neto.

Quanto à rota dos ônibus que passam pela Abílio Borges, o Superintendente do Transporte Público, Claudinei Nunes explica que também serão readequadas. Um estudo diário será realizado, de acordo com o andamento do serviço, para avaliar as necessidades desses desvios. O Codau começou nesta quinta-feira (20) a distribuir avisos impressos para os moradores e comerciantes da Abílio Borges, que estão na situados no lado da avenida por onde vai começar a obra.

Assessoria de Comunicação Social.