CONHEÇA O CODAU

  AGÊNCIA VIRTUAL

  INFORMATIVO

  RESPONSABILIDADE

  LICITAÇÃO

  CODAU ENSINA

  FALE CONOSCO

  FALE COM O PRESIDENTE

  TRANSPARÊNCIA

  ACESSO À INFORMAÇÃO




Serviços


 



Codau reduz carga horária e exclui reajuste salarial por três anos
04/05/2017

Projeto de lei encaminhado esta semana para a Câmara dos Vereadores que trata da alteração dos dispositivos da lei 10.679/2008, sobre o Plano de Carreiras do Codau, terá como principal mudança a carga horária dos servidores, passando de 40 para 30 horas semanais. É a volta da tabela das 6 horas diárias como foi por vários anos. Esta questão faz parte de amplo acordo fechado pela direção do Codau e o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Purificação e Distribuição de Água e Serviços de Esgoto de Uberaba (Sindae) e esteve na pauta de negociação salarial desde de 2016.

O termo de acordo foi concluído há poucos dias e ficou acertado o congelamento de reajuste salarial durante três anos, relativos aos períodos de 2016 a 2018, tendo em vista a redução da carga horária. O presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, explica que outro pressuposto para acatar a mudança foi relativo à manutenção dos níveis de produtividade de todos os setores, em especial o operacional. Ele ressalta que a autarquia fez estudos e a diminuição de ¼ da jornada diária deverá representar redução de custos de logística, locação de máquinas, combustível e horas In Itinere, que é o tempo gasto pelo servidor, de ida e retorno, até o local da prestação dos serviços, já que a jornada de oito horas, implica em parada do almoço. A população sairá ganhando com esta alteração, pois teremos dois turnos de 6 horas, totalizando 12 horas diárias de trabalho e não mais 8h. Não haverá redução da quantidade de serviços executados e a nossa expectativa é exatamente o contrário, ao alcançarmos economia operacional isto refletirá em menores reajustes futuros das tarifas. A nova lei trará resultados positivos para todos, incluindo os servidores, o Codau e a população, completou ele.

O acordo com o Sindae foi ratificado após duas assembleias realizadas pela categoria e agora o Projeto de Lei segue para apreciação dos vereadores. O Sindicato também acertou com a direção a manutenção do regime de escalas de revezamento de 12h seguidas de 36 horas de descanso, nas unidades de serviços operacionais consideradas de natureza ininterrupta.

Outro questão considerada imperiosa pela direção da autarquia foi a redução da quantidade de atestados médicos. Para um controle mais rigoroso, em casos específicos do Código Internacional de Doenças (CID), o Codau encaminhará os atestados para serem ratificados pelo Programa de Promoção de Saúde, junto à prestadora dos serviços de assistência Médica, a RN Saúde. Por fim, o acordo da campanha salarial 2017 prevê um programa de check-up em todos os servidores da autarquia, que consistirá em avaliação médica de rotina e exames específicos de acordo com a idade, sexo de histórico pessoal e familiar.

Assessoria de Comunicação Social