NOTÍCIA

PMU e Codau avançam na formatação do PMSB

09/05/2013

Todas as doze microconferências do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), programadas para a zona urbana foram concluídas e atingiram um público expressivo. Agora a Prefeitura e o Codau entram em nova fase de coleta das demandas da população relativas aos quatro eixos do saneamento - a água, esgoto, resíduos sólidos (lixo) e drenagem Urbana.

Nas próximas três semanas, entre 6 a 27 de maio os comitês de Coordenação e o Executivo, criados para gerenciar a implantação do Plano em Uberaba, avançam no processo de mobilização social e reunirão a comunidade universitária e a população da zona rural para apontarem os problemas existentes em saneamento no município.

Mais 1300 participantes já deram suas opiniões, com mais de 380 propostas discutidas pelos moradores das 12 grandes regiões da cidade, por onde já aconteceram os encontros. A população expressa grande preocupação em relação ao abastecimento pleno da cidade, a preservação da bacia hidrográfica do rio Uberaba, canalização e urbanização de córregos, a necessidade da ampliação de ações para coleta seletiva em toda a cidade, bem como da microdrenagem em diversos bairros, entre dezenas de outras demandas pontuais já registradas.

Desde esta semana os alunos, professores e servidores do Cesube/FCETM, Facthus, IFTM e UFTM começaram a ser ouvidos. A microconferência na Universidade de Uberaba aconteceu no mês passado. E as dez reuniões programadas para os bairros rurais iniciam-se nesta sexta-feira, dia 10.

Cerca de 110 pessoas dos vários bairros onde foram realizadas as microconferências urbanas estão inscritas como delegados para defenderem e votarem as propostas que serão apresentadas nas duas audiências públicas, programadas para fecharem o ciclo de debates do PMSB e que comporão o documento final do Plano a ser encaminhado para a Câmara de Vereadores, ainda este ano.

O Plano de Saneamento Básico visa estabelecer um planejamento das ações de saneamento no município, para um horizonte de 20 anos, atendendo aos princípios da Política Nacional de Saneamento Básico (Lei n° 11.445/07), com vistas à melhoria da salubridade ambiental, à proteção dos recursos hídricos e à promoção da saúde pública. A fase de mobilização social teve início dia 15 de abril.

Assessoria de Comunicação Social